sexta-feira, 22 de junho de 2007

Coisa à toa

Quando a dor é tão grande que parece uma faca enfiada na boca do estômago, você ainda consegue pensar em algum tipo de resgate?
Sempre acreditei que sobreveveria à filmes de terror.

4 comentários:

nina.harvey disse...

De Psicologia eu não entendo, mas de coisas à toa conheço um pouco. Deixa eu te ajudar...

Lara disse...

Linda! Obrigada mais e mais e mais.
Não sofra, não chore, espere um pouco.

Prof. Esp. Daniel Freitas Saes disse...

Olha, eu nunca tive uma faca enfiada na boca (cardia seria o termo correto) do estômago, e nem você pelo que eu saiba, o que dificulta a comparação, na verdade fisiolgicamente eu poderia supor outros locais muito mais enervados e vascularizados para doer com uma facada, eu poderia até supor que a dor de um soco nessa região que você citou é maior que a da facada em sí, por causa da supressão esplânctea, mas enfim, dada a relação, o tópico me parece meio antagônico "Coisa a toa", mas independente disso você e eu continuaremos sobrevivendo aos filmes de terror, não os superestime! Falando nisso você assistiu "Terror em Silect Hill" ? Caraca Ma, é um dos melhores que eu já ví! E o tal francês Caixa Preta, pegou ?

Tb te amo

Dani

Gean G. Silva disse...

Filmes de terror são bobinhos, (mesmo com faca enfiada em qualquer boca!)mas filmes sobre a realidade como 'Apocalypse Now' são o Terror, Terror !!como bem disse o coronel Kurtz!rs.
Beijinho terno e de saudede amiga Ma.