terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Can´t Stop Now...

Eu faço as coisas sem sentido, e de todos os sentidos que possuo não há fato que se sustente, nem pernas, nem braços, nem mãos ou lábios. As tatuagens são necessárias quando não se tem a memória de nada do que se passou, só uma vaga lembrança de que algo passou, e passou tudo tão rápido.

2 comentários:

valentina_costa disse...

Adoro os seus devaneios.
Beijo!

D. disse...

Humm, sinto semelhanças... Rá!

Besos, amore mio!