terça-feira, 22 de abril de 2008

Re: Manhã de terça feira

Querida,

estou como você, ao invés de largada no aeroporto, largada na cama pensando, pensando, pensando (coisas que nunca levam a lugar nenhum). Nesse momento você deverá estar embarcando para o Rio e deixando São Paulo pra trás.
Quantos sonhos a gente deixa pra trás? Quantos a gente realiza? Eu tenho realizado poucos...
A gente podia ter uma grana para abrir nosso bar!! Em Salvador, no Rio, São Paulo, Paris ou em qualquer lugar do mundo. A gente podia ter tanta coisa, e não ter a consciência de tantas porcarias.
Eu aqui com o meu café e o meu cigarro. Ainda é cedo pra beber, ainda é cedo e sempre tarde demais.
Eu tenho medo, ainda morro de medo de pegar aviões nesse país, por isso (sempre) o rivotril, medo de dormir, medo de sonhar, sonhando a gente se decepciona. E saudades do que nunca aconteceu (Você bem sabe como é sentir isso).
Será que seríamos mais felizes na França? Ou seria mais uma fuga?Eu queria acreditar que é possível em algum lugar do mundo. E queria muito você sempre comigo.
A comida aqui acabando, o mercado é atravessando a rua, mas a minha vontade de sair desse apartamento é nenhum. Vou aderir às suas sopas horrorosas!
Não se force a escrever em lugar nenhum, mas para te dizer que eu entendo o seu e-mail, que entendo você, porque você vai ser sempre o avesso do meu espelho, este aqui vai estar lá postado no meu.
"Ficar cansada dos seus abraços, eu é que não vou
Quem esconde tudo que sente, eu é que não sou
Não vou mais pisar o freio, eu é que não vou
Andar com gente que é mais ou menos, eu é que não vou".
Beijo minha amiga e espero que esteja fazendo uma boa viagem
Te amo sempre.
M.

5 comentários:

Anônimo disse...

Bonito,muito.

MR disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mila Ramos disse...

Vocês são lindas. Beijo, minhas queridas.

D. disse...

Nós e nossos sonhos.

Te amo, perverted! E morro de saudade.

Besos.

nina.harvey disse...

você é sempre muito amada, porque é demais de especial. beijos inteiríssimos.