quinta-feira, 12 de junho de 2008

Mais uma vez

Decidi, hoje eu soube e não posso negar que me senti aliviada. Vou voltar para São Paulo e todo seu caos e sua beleza, voltar para a minha família e meus amigos queridos.
O que eu vou fazer? Ainda não sei, mas um dia eu descubro.
Deixo em Salvador uma grande amiga e as esperanças que eu cheguei e que aqui vão ficar.

4 comentários:

Menina da Bahia disse...

Você não me deixa aqui... Eu sei que você vai me carregar neste coraçãozinho que cabe bastante gente, que bate mais acelerado do que o normal, cheio de remendos, cicatrizes e tatuagens. Estas tatuagens da alma, mais marcantes e perceptíveis do que qualquer outra. Eu vou te conservar aqui, na Itapuã barulhenta, nos cinemas, nos cafés das terças, nas pessoas ajeitadinhas, no joguinho que você sempre perdia, nos passeios de ônibus, na sua cantoria desafinada, nos olhos miúdos, mas sempre brilhantes, assim como você.
A gente ainda vai se ver muito. E muito em breve.

Lara disse...

Toda vez que você vai embora de algum lugar as pessoas ficam tristes. Eu fiquei, mas estou feliz por você voltar, sempre respeitando os que sentirão a sua falta.
Beijos e vem me ver logo.

Fernando Bassat disse...

Acho que a Lara disse o que eu sinto.

Helena disse...

Vem beber vinho. Tô esperando, tô esperando. :)))