sexta-feira, 6 de junho de 2008

Do amor...


Amor é quando não precisa-se dizer dele, é natural, é coisa de pele, é sentimento de urgência, é querer estar todo o tempo compartilhando os momentos em que choramos, rimos, fazemos coisa nenhuma.
É estar por estar, ficar por querer, tocar sem pedir, olhar por admiração e respeito.
É desejar uma casa ou uma cama, muitas vezes colocar um anel e fazer um pedido, é querer ter um filho e chorar quando descobre que ele vai existir.
É sonhar junto mesmo separado pela distância, pelo tempo, pelo trabalho, por burocracias da vida.

Do fundo do meu coração eu acredito que isso exista.
Não vou poder estar no casamento de minha irmã e provavelmente no nascimento do meu sobrinho, mas eu sei do amor...

2 comentários:

Anônimo disse...

Achei simples e bonito o texto :)

nina.harvey disse...

bonita declaração de amor. você é ótima pra isso. beijos inteiríssimos.